Lula, o colunista

Artigo de João Ubaldo Ribeiro sobre a nova iniciativa do “Çábio de Guaranhuns”, anunciada logo após o fim da exigência de diploma para exercer a profissão de jornalista, decretada pelo STF:

Sangue novo na imprensa

Anúncios

Sobre inconstitucionalidade

Estava aqui pensando… Se o principal argumento do Sr. Gilmar Mendes e camarilha para derrubar a exigência de diploma para exercer a profissão de jornalista foi a questão da inconstitucionalidade, não seria o caso de anular todos os atos secretos do Senado com base também na Constituição??? Afinal, o artigo 37 da Constituição determina que os atos do governo sejam públicos e transparentes. Vejam o que diz o referido artigo:

Art. 37 – A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: … (a íntegra do texto está aqui)

Portanto, para que tanta discussão? Vamos anular os atos secretos e exigir que todos os valores pagos indevidamente sejam devolvidos aos cofres da União? E aí, Sr. Presidente do Supremo? Topa?

E continua a roubalheira

E a Petrotunga, estatal que mantém o monopólio da exploração do consumidor de derivados de petróleo no Brasil, dá continuidade à sua política de assalto ao bolso do povo brasileiro. Em tempos de redução engana-bobo de IPI, sob a justificativa (louvável) de estimular o consumo, a aparelhada companhia insiste em vender aos brasileiros combustíveis de má qualidade duvidosa a preços astronômicos.

Nesta segunda-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou a redução do preço do diesel em 9,6% para o consumidor. O fato curioso é que a empresa vai reduzir o preço, na refinaria, em cerca de 15%, mas para “compensar” as perdas na arrecadação, nossa “çábia” equipe econômica decidiu aumentar a CIDE (aquela contribuição sem vergonha).

Nessa brincadeira, mais uma vez, o consumidor final paga a conta dos patrocínios, apoios e demais benesses distribuídos pela empresa aos amigos da petralhada.

Claro que o governo arranjou uma desculpa, esfarrapada e politicamente correta (o que é quase sempre um pleonasmo), alegando que “em breve” aumentará a quantidade de biodiesel na mistura, que subirá de 3% para 4%. E, com a cara-de-pau de sempre, o governo afirma que a redução é uma “medida anti-crise” que também visa diminuir a inflação para o futuro. O que o governo não diz é que, em todo o mundo, os derivados de petróleo tiveram quedas muito mais significativas de preço, simplesmente porque as empresas repassaram para o consumidor a redução dos custos resultante da queda do preço internacional do petróleo. Demagogia, hipocrisia, malandragem ou “todas as opções anteriores”?

Mantega disse ainda que será anunciada, provavelmente nesta terça-feira, uma redução de 5% no preço da gasolina. Mas, segundo ele isso não resultará em preço menor na bomba já que haverá uma recomposição da Cide na mesma proporção, que equivale a R$ 0,05 a mais. Precisa comentar???

Se isto, por si, já não fosse de uma estupidez brutal, os consumidores ainda estão vulneráveis aos tradicionais cartéis, que atuam em quase todas as cidades, sob as barbas da ANP, outro “aparelho” estatal que, para ser chamado de inútil, ainda precisa melhorar muito.

Estamos mesmo abandonados…

Vai começar a festa

Não, não estou me referindo à festa do futebol, ao espetáculo do esporte mais popular no país, ao show das torcidas. Infelizmente, falo da farra com o dinheiro público, as mamatas, desvios e desperdícios de toda ordem.
Tá no G1. A CBF pretende anunciar amanhã a construção de sua nova sede e de um novo centro de treinamentos no Rio de Janeiro. O presidente da confederação, Ricardo Teixeira, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o governador do estado, Sérgio Cabral, devem apresentar a maquete da construção que, como tudo que acontece atualmente na cidade do Rio de Janeiro, será na Barra da Tijuca.
Não fosse minha rejeição à idéia de gastar bilhões de reais na realização de um evento esportivo que deixará para trás pouco mais que dívidas e elefantes brancos (basta pesquisar o que vem acontecendo com os aparelhos construídos para o Panamericano do Rio), acho ainda mais estranho essa concentração de empreendimentos na zona Oeste do Rio. Como podem argumentar que tal tipo de eventos ajuda a “revitalizar” a cidade, se todas as intervenções são feitas na zona oeste, sobrando ao restante da cidade conviver apenas com os transtornos e os custos destas intervenções.
Por que não adotam, no Brasil, o modelo de intervenção utilizado em Barcelona ou Sydney, em que áreas degradadas foram revitalizadas e, encerrados os jogos, transformaram estas cidades em pólos turísticos? Por que gastar bilhões em terrenos ainda “virgens” e naturalmente atraentes à iniciativa privada, deixando a parte mais “antiga” em segundo plano?
Isso sem falar da já esperada roubalheira e desvio de recursos. Alguém lembra da Cidade da Música? E a “Vila Panamericana”? Mas isso é assunto para outro post…

CPI do Medo…

“O pré-sal significa uma grandeza de dinheiro que poderia acabar com a pobreza, a fome e aumentar o investimento em ciência e tecnologia”, afirmou hoje a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, segundo informa o G1.

Bem, é curioso agora esse pedido de serenidade. Afinal, a Petrobras nao tem nada a esconder, não é ministra??? Por que o apelo?

Fato é que, se mexerem mesmo nas contas da empresa, principalmente em seus “patrocínios culturais e sociais”.. hmmm…. os ventos que vem soprando tão favoráveis para a candidatura de 2010 podem começar a virar.

Vamos ficar de olho!

Foro de São Paulo

Então, segundo a agência EFE, Lula vai visitar a região cocaleira de Chapare, na Bolívia, acompanhado do índio de araque Evo Morales, para acertar a concessão de um crédito brasileiro para a construção de uma estrada em território boliviano.

Ou seja, Lula vai usar dinheiro do contribuinte brasileiro para estimular a economia e facilitar o escoamento da produççao de coca da Bolívia. Que nome devemos dar a isso?Associação para o tráfico?

Em um momento em que empresas estão fechando as portas e demitindo gente, o presidente vai investir dinheiro no mesmo país que nos tomou refinarias e colocou a Petrobras pra correr? Sinceramente, é difícil imaginar um presidente mais pamonha que esse…

E onde estão os direitos humanos?

E ontem, quarta-feira, dois vigilantes que trabalhavam no transporte de valores da agência do Banco do Brasil no Shopping Vitória foram covardemente executados, enquanto faziam seu trabalho. Vamos ser objetivo e honestos. Eles não foram mortos porque reagiram, ou porque ameaçaram reagir, ou porque tentaram impedir de alguma forma a ação dos bandidos. Até o momento, todos os relatos dão conta que os dois vigilantes foram surpreendidos pelos assaltantes, que já chegaram atirando.

Agora, eu me pergunto: onde estão as ONG’s defensoras dos direitos humanos? Eram dois trabalhadores, com família… Foram sumariamente executados! Onde está a Igreja Católica e suas pastorais? E a turma dos “diretozumanos”? Todos mergulhados, quietinhos…  Hipócritas oportunistas, só sabem defender direito para bandidos! Se a polícia pegar os vagabundos que fizeram isso (e já pegou 2) e der uma surra, vai aparecer padreco, presidente de ONG, sociólogo e todo sorte de defensores de vagabundos pra reivindicar os “direitozumanos”.

Filhos da puta! Morram todos!

Ausência

Sei que o blog anda meio abandonado… Entendam que a última semana, com as eleições municipais, foi bastante corrida. Em breve voltamos ao ritmo normal.

Piada pronta

A agência cubana de notícias “Prensa Latina” afirmou nesta segunda-feira (29) que o governo dos Estados Unidos negou vistos a dois de seus correspondentes credenciados na ONU. O mais curioso é o teor da nota divulgada pela “Prensa Latina”.

“A ação contra nossos jornalistas constitui uma grosseia violação de seus direitos como representantes de uma agência de notícias internacional, com quase meio século de cobertura contínua da ONU e de seus organismos especializados. (…) O incidente evidencia o desprezo dos EUA ao exercício do jornalismo e ao direito dos seres humanos a informar e estarem informados (…)”.

FAla sério, né? Desde quando Cuba tem moral para reclamar da falta de liberdade para o exercício do jornalismo?

Só para não cair no esquecimento

O governador do departamento de Pando, Leopoldo Fernandéz, continua preso em La Paz, apesar de ter direito a foro privilegiado , o que, portanto, obrigaria o governo boliviano a transferí-lo para Sucre, para julgamento pela Suprema Corte daquele país. Enquanto isso, Evo “Cocaleiro” Morales anuncia que vai manter uma “forte presença” do Governo em Pando.

Por “forte presença” entendam uma intervenção militar, que significa que, mesmo após o fim do estado de sítio, os direitos fundamentais da populaçao desse departamento, que faz forte oposição ao governo central, continuarão sendo violados.

Vou reforçar aqui o que já disse: se os organismos internacionais não pressionarem fortemente Evo Morales, em breve seremos informados pelas agências internacionais sobre o “desaparecimento”, “fuga” ou, pior, “suicídio” de Fernandéz.

Enquanto isso, Lula recebe o narco-ditador aqui, para tratar de integração energética.